Hoje eu quero lhes falar sobre alguns conceitos que temos a respeito de Deus e da nossa vida.

Existem muitos tipos de crenças a respeito de Deus

Ha aqueles que não acreditam em Deus, acreditam apenas nas coisas reais, palpáveis e visíveis.

Alguns acreditam que Deus existe, mas que fez o mundo como quem faz um relógio, da corda e o deixa funcionando até que enfim a corda acabe.

Outros acreditam que Deus criou o mundo, mas que não se relaciona conosco.

Outros ainda, acreditam que Deus não existe e que somos frutos do acaso ou da evolução.

Nós, os cristãos, não acreditamos em nenhuma dessas teorias. Acreditamos que Deus existe e que se relaciona conosco. Mas ainda assim, muitos de nós tem uma noção errada sobre o que é secular e o que é sagrado. Muitos acham que Deus se preocupa com a nossa alma, com a evangelização, com o discipulado, com missões, com as igrejas, as reuniões de oração, com os cultos, com a plantação de igrejas, ou seja, coisas espirituais. E não está interessado em nosso trabalho, a ciência, os negócios, a economia, a política, as artes, ou seja, coisas físicas. 

Mas se nós fossemos olhar para a Bíblia, existem muitos textos sobre coisas espirituais, mas existem mais ainda que se tratam de economia, negócios, política, etc.

Será que Deus não se importa conosco de forma total? E será que Ele não quer ser nosso Senhor em tudo?

Ja ouvi tanto crente dizendo que brigou com o chefe, que humilhou subordinados, que não respeitam professores na escola, que são irresponsáveis com o seu dinheiro, que não se preocupam com quem votam, que não se importam com os pais idosos, que espancam os filhos, etc. 

Imagine se os advogados especializados em divórcios fossem conselheiros de casais disfarçados, ou se fossem médicos que falassem de milagres maiores que a cura, ou patrões que fossem humildes e amorosos, ou pais que são exemplares para filhos, ou trabalhadores que fossem conselheiros no trabalho, ou estudantes que lutassem contra a injustiça na escola, etc. Imagina se nos levantassemos na política para lutar por uma sociedade justa? 

Imagine se todos os cristãos fossemos cristãos 100% do nosso tempo, e não só quando tratamos de coisas "sagradas"? 

Imagine se você mudasse um pouco o jeito de tratar os outros, e fizesse o que Jesus nos disse: Ame a Deus e ao próximo... O tempo todo! 

Vamos mudar nossa mentalidade de que só missionário e pastor são trabalhadores de tempo integral na obra de Deus, e nos tornar um trabalhador em tempo integral na obra de Deus no nosso trabalho, escola, casa... etc.

Pense nisso!

Deus te abençoe.